Postado por

Quer o seu piso seja laminado ou azulejo, linóleo ou cortiça, temos as maneiras mais simples e seguras de manter a aparência impecável e nova. Siga estas diretrizes, as melhores ferramentas e a técnica ideal para o seu tipo específico de piso. Com a base de todos os cintilantes, toda a sua casa ficará incrivelmente limpa.

Produtos de limpeza para Pisos

1 – Limpando um piso de madeira

Pisos de madeira normalmente têm um dos dois acabamentos: poliuretano ou cera. Não tem certeza de qual é ao certo? Esfregue o dedo na superfície, se aparecer uma mancha, o chão provavelmente está encerado.

Pisos de madeira selados geralmente têm revestimento de uretano, poliuretano ou poliacrílico. Isso os protege de manchas e danos causados ​​pela água.

Para limpar, basta misturar um quarto de xícara de sabão neutro ou com pH neutro com água em um balde. Em seguida, pegue um esfregão de microfibra. É fácil de torcer, tornando-o ideal para pisos de madeira que funcionam melhor com um esfregão pouco úmido (sem encharcar).

Além disso, isso ajudará seu piso a secar mais rapidamente, para que você não precise esperar tanto tempo. Limpe áreas de alto tráfego, como a cozinha, uma vez por semana; para áreas menos traficadas, esfregue uma vez por mês.

Se você tem pisos de madeira encerado, esse tipo de piso pode ser danificado por pequenas quantidades de água, mantenha os esfregões úmidos longe dessa superfície e, em vez disso, varra, limpe com aspirador de pó regularmente.

2 – Limpeza de pisos laminados

Seu laminado pode se parecer com pranchas de madeira ou ladrilhos de pedra natural, mas você ainda precisa cuidar dele como um laminado. A boa notícia: pouquíssimas coisas prejudicarão o piso laminado.

Afinal, as tábuas são construídas em camadas resistentes ao sol e à luz para manter uma aparência semelhante a nova por anos. Dito isto, é importante evitar que a água fique embaixo das tábuas.

É recomendado esfregar a seco ou aspirar o chão, certificando-se de que a máquina esteja no modo lado a lado (em oposição ao carpete), para que a barra do batedor seja elevada. Limpe com um esfregão levemente úmido quando necessário.

O último conselho, nunca polir um piso laminado. Se o acabamento de uma prancha parecer danificado, é melhor substituí-la …

3 – Limpar um piso de cortiça

A mesma qualidade que torna esse material natural tão bonito – sua porosidade – o torna muito suscetível a danos causados ​​pela água. Por ser tão absorvente, a maioria dos pisos de cortiça é selada, mas você ainda precisa proceder com cautela.

Aspire frequentemente para evitar arranhões, limpe imediatamente os derramamentos e lave o chão de cortiça uma vez por semana.

Alguns especialistas sugerem trocar os produtos de limpeza comerciais por uma solução de vinagre e água com sabão: Coloque 1/4 de xícara de vinagre em um frasco de spray com 1 gota de detergente e água morna.

O vinagre naturalmente ácido trabalha com o sabão para quebrar a sujeira, cortar o acúmulo e desinfetar. Não agite a solução (isso criaria espuma), apenas combine suavemente os ingredientes em um frasco de spray, balançando-o para frente e para trás.

Pulverize uma seção de cada vez no chão e limpe com um esfregão úmido de microfibra.

4 – Limpeza de pisos de bambu

O bambu é sustentável, bonito – e, em alguns casos, mais suave e mais propenso a cortes e arranhões do que pisos de madeira. A menos que você possua piso de bambu – o tipo mais difícil e mais durável disponível – esteja atento a varrer regularmente sujeira e detritos.

Especialmente com o custo do bambu, deve-se tomar cuidado extra. Usa-se a mesma solução de limpeza no bambu e na madeira dura: misture ¼ xícara de sabão neutro ou neutro ao pH em um balde de água.

Passe pelo chão usando um esfregão pouco úmido, limpando o excesso de umidade com um pano de microfibra seco.

5 – Limpando um piso de linóleo

Não estamos falando de pisos de vinil quase indestrutíveis (consulte o próximo tópico para obter dicas sobre a limpeza dessa superfície). O linóleo verdadeiro é feito a partir de óleo de linhaça, resina, pedra calcária, fibra de madeira e pó de cortiça e colorido com pigmentos minerais.

Trate esse piso resiliente e natural como se fosse uma rolha. Misture um frasco de spray com apenas algumas gotas de detergente e água quente, depois borrife uma seção do piso de cada vez e limpe com um esfregão úmido de microfibra.

Veja como o detergente pode eliminar fontes virais, como o coronavírus

O piso deve secar ao ar quase imediatamente, mas se parecer levemente pegajoso ao toque, passe-o com outro pano ou esfregão de microfibra limpo e úmido.

Limpeza de Pisos

6 – Limpando um piso de vinil e pisos de porcelanato

Para limpeza semanal, use a técnica de esfregão seco para manter o piso com aparência de brilhante: misture delicadamente 1/4 de xícara de vinagre em um frasco de spray de 40 ml com 1 gota de detergente e água morna.

Pulverize o piso uma seção de cada vez e limpe com um pano úmido de microfibra.

Para limpezas periódicas e profundas, use um limpador a vapor para limpar os ladrilhos e o rejunte – o vapor faz o trabalho de remover manchas (e bactérias!).

7 – Limpeza de pisos de pedra natural

Faça o que fizer, deixe o vinagre na despensa. Mesmo uma pequena quantidade do líquido ácido pode danificar o chão de pedra, como alvejante e amônia.

Em vez disso, esfregue os pisos de pedra selados com um limpador neutro de pH e não quelante que não reagirá adversamente aos minerais em superfícies naturais.

Se suas telhas de pedra não estão seladas, basta esfregar com um esfregão de microfibra e água quente; produtos químicos penetrariam na pedra. Para sujeira persistente, use um limpador a vapor.