Postado por

O coronavírus que causa o COVID-19 é um bug desagradável, mas, como outros membros da família do coronavírus, não é páreo para bons produtos de limpeza, dizem especialistas em saúde.

Há muitas coisas ruins sobre o coronavírus, mas há uma coisa boa: não é são muito resistentes

Especialistas avaliaram os produtos de limpeza que podem ajudar a proteger a nós – e nossas casas – contra o coronavírus.

Produtos de Limpeza matam Covid-19

A limpeza regular com produtos de limpeza normais faz um ótimo trabalho de remover todos os tipos de germes das superfícies, e não apenas o coronavírus.

Concentre-se em áreas de alto toque – que são alças de torneiras, maçanetas, trilhos de escadas e bancadas – as coisas nas quais você tem as mãos o tempo todo.

Faça uma lista de todos os lugares que você deseja limpar, para não esquecer nenhum deles. Mas os produtos comerciais de desinfecção contêm “produtos químicos bastante sérios”. Na verdade, eles são pesticidas, portanto, tanto quanto possível, tente usá-los quando as crianças não estiverem por perto porque podem desencadear asma.

Aqui está o que você precisa saber sobre o que funcionará e o que não funcionará contra o coronavírus – de acordo com especialistas.

1 – Água e sabão

O sabão é um dos produtos de limpeza remove as partículas virais que se prenderam às superfícies – sejam suas mãos, rosto ou bancada – e as suspende na água, para que possam ser lavadas.

A maioria dos produtos de limpeza que chamamos de sabão são realmente detergentes que não apenas removem os germes das superfícies, mas também os matam.

O vírus tem um revestimento externo, e o material interno – DNA ou RNA – é o que realmente causa a doença. É como o invólucro de uma bomba ou torpedo. Para um vírus, esse revestimento é uma proteína, e o sabão ou detergente rompe esse revestimento, matando o vírus.

2 – Álcool

Esfregar produtos alcoólicos com pelo menos 70% de álcool matará o coronavírus com menos potencial de dano que o alvejante. Ao usar álcool em gel, não dilua. O álcool é seguro para todas as superfícies, mas pode descolorir alguns plásticos.

3 – Vinagre branco destilado não são considerados produtos de limpeza

Muitas pessoas limpam com vinagre. É barato e natural. As recomendações de limpeza são fáceis de encontrar on-line, mas não há evidências de que sejam eficazes contra o coronavírus.

Apesar do que você pode ter visto nas mídias sociais, a vodka não é eficaz na higienização, nem existem outros tipos de bebidas destiladas.

Por favor, não use vodka para limpar suas superfícies. A concentração de álcool na vodka não é alta o suficiente para matar vírus.

4 – Técnica adequada: Passar o pano de forma rápida não é bom o suficiente

Para descontaminar uma superfície, você não pode deslizar, basta esfregar, esfregar até que toda a superfície esteja molhada e deixá-la secar sozinha.

A força do cotovelo que você coloca no processo de limpeza podem realmente render dividendos. Você precisa limpar fisicamente a sujeira. O agente anti-séptico é a medida adicional de segurança de que qualquer vírus deixado para trás será morto.

É extremamente importante usar bastante desinfetante e dar tempo para o produto fazer efeito. Use lenços suficientes para que a superfície tratada fique visivelmente molhada por 4 minutos. Deixe a superfície secar.

5 – Cuidado com vendedores ambulantes que vendem produtos falsos

Não existe tratamento ou cura para o COVID-19, mas isso não impediu as pessoas de tentar vendê-las.

Nos Estados Unidos, a Administração de Alimentos e Medicamentos e a Comissão Federal de Comércio enviaram cartas de advertência a sete empresas por venderem produtos fraudulentos dizendo que eram contra o COVID-19.

Disseram às empresas que seus produtos são “medicamentos não aprovados que apresentam riscos significativos à saúde dos pacientes e violam as leis federais dos Estados Unidos.

6 – Você deve considerar fazer seu próprio desinfetante para as mãos?

Produtos de Limpeza para matar germes

É fácil ficar on-line e encontrar conselhos sobre como fazer seu próprio desinfetante para as mãos. Então, isso é uma boa ideia?

A maioria dos especialistas dizem que essa não é a melhor idéia. Você pode não conseguir as concentrações corretas. E se a sua solução não tiver uma concentração suficientemente alta de álcool, não fará nenhum bem a você.

Você nunca saberá se o que você está fazendo é tão bom quanto o que pode comprar na loja. Se você comprar, você sabe que vai funcionar.

Fazer alguma coisa é melhor do que não fazer nada, mas é preocupante de os desinfetantes para as mãos possam dar às pessoas uma falsa sensação de segurança.

As pessoas podem estar se enganando ao pensar que estão usando algo que vai ajudar, quando não vai.

Lembre-se: desinfetantes para as mãos à base de álcool não são tão eficazes quando nossas mãos estão visivelmente sujas ou oleosas. Por isso é importante lavar com água e sabão.

7 – Hidratar as mãos

Com o aumento da lavagem e desinfecção das mãos, suas mãos podem ficar secas e começar a rachar. Essas rachaduras dão aos germes um lugar para se esconder. É importante usar um bom hidratante para evitar que isso aconteça.

É recomendado produtos que contenham ceramidas (óleos), dimeticona (um tipo de silicone) e manteiga de karité, que ajudam a proporcionar uma boa vedação na pele. Quanto mais espessa, melhor. Pomadas oleosas, como vaselina, formam uma barreira mais forte que cremes e loções.